segunda-feira, 14 de julho de 2014

A FONTE DA DONZELA

Título Original: Jungfrukällan
Diretor: Ingmar Bergman
Ano: 1960
País de Origem: Suécia
Duração: 89min

Sinopse: Na Suécia, século XIV, a população oscilava entre o cristianismo e o paganismo. Herr Töre (Max von Sydow) e Märeta Töre (Birgitta Valberg) formam um casal que tem uma propriedade rural. Eles são cristãos fervorosos e incumbiram Karin Töre (Birgitta Pettersson), sua filha, uma adolescente de quinze anos, de levar velas para a igreja da região e acendê-las para a Virgem Maria.

Comentário: Este é o filme responsável por todo o projeto Oráculo Alcoólico, e não é a toa que estou publicando ele no dia do aniversário do Bergman. É um filme inteiramente perfeito, não existe nada dele que eu possa falar mal.  Fiquei realmente muito incomodado com ele, deixando as cenas tecnicamente perfeitas de lado, é o enredo do filme que te prende na tela o tempo todo... as situações te incomodam, te enchem de ódio, te assustam, te tiram do ponto de equilíbrio! Um dos melhores "Bergmans" que eu já vi!

Nenhum comentário:

Postar um comentário